sindefurnas@sindefurnas.org.br
(35) 3529-3100

Artigos

Projeto apoiado pelo Sindefurnas é selecionado para Congresso

O Projeto Oficina de Fábulas – que resulta no lançamento de um livro anual intitulado “Nossas Fábulas” – foi um dos oito selecionados da região para o III Congresso de Práticas Educacionais da Rede Pública da Educação do Estado de Minas Gerais. Desde que foi iniciado – em 2008 – esse projeto é apoiado pelo SINDEFURNAS, que faz a editoração eletrônica e a impressão (pelo sistema de fotocópias) do pequeno livro que traz fábulas escritas por alunos da Escola Estadual São José, em Passos-MG.

Com cerca de vinte páginas e edição limitada, o livro traz a produção dos alunos da referida escola pública, que escrevem as fábulas durante a oficina ministrada dentro das aulas de Língua Portuguesa, coordenadas pelo professor especialista José dos Reis Santos. Além de professor, José Reis é jornalista, atuando como assessor de imprensa do SINDEFURNAS.

O “Oficina de Fábulas” é um dos oito projetos escolhidos num universo de 39 projetos apresentados por escolas dos 16 municípios da área da 27ª Superintendência Regional de Ensino de Passos (27ªS.R.E.). Dos oito projetos da região, dois são de Passos – ambos da E.E. São José. O outro (“Conquistando Josés”) é coordenado pelo professor de matemática Wendley Gonçalves.

O III Congresso de Práticas Educacionais da Rede Pública da Educação de Minas Gerais, que ocorre na região metropolitana de Belo Horizonte, de 22 a 26 de setembro/2014, reúne cerca de mil educadores de todo o Estado, que debatem novas práticas para a educação pública. No total, estão sendo apresentados quase 400 projetos educacionais neste evento que é promovido pela Magistra – escola de formação e desenvolvimento profissional dos educadores de Minas Gerais ligada à Secretaria de Estado da Educação.

Opiniões

Para o diretor da E.E. São José, professor Fabiano Amorim Costa, o sucesso dos projetos educacionais “se deve às ideias inovadoras e à criatividade dos nossos profissionais aliadas ao trabalho de equipe, já que todos abraçam os projetos lançados pelos colegas”. Ele frisa que a direção e a área pedagógica têm dado todo o apoio, “já que a escola precisa mudar, inovar, buscar formas de atender cada vez melhor os alunos, dentro do processo de formação do cidadão ciente e consciente do seu papel transformador da realidade”.

Ele lembrou a importância das parcerias, citando o caso do Sindicato dos Eletricitários de Furnas e DME (Sindefurnas), que patrocina a oficina de fábulas desde que esse projeto foi criado. “A escola tem que buscar parcerias, que contribuam para a formação do cidadão, como é o caso do Sindefurnas”, disse.

A diretora educacional da 27ª S.R.E. de Passos, Maria da Penha Lopes Mendes, observou que a finalidade do congresso “é dar relevo a práticas exitosas de educadores da rede pública de ensino de Minas Gerais, reunindo-os no mesmo espaço para trocar ideias, discutir questões relevantes sobre a temática educacional e dar visibilidade ao que tem sido realizado no interior das escolas através do registro de experiências”.

Penha Lopes disse que projetos educacionais estimulam “a reflexão e o debate” entre os alunos, além de contribuir para o processo de formação da cidadania, desenvolver as atividades interdisciplinares e fortalecer, no estudante, o desejo de aprender, conhecer, pesquisar e investigar. “Portanto, é de suma importância que diretores e professores incentivem nos alunos a participação em concursos e trabalhos dessa natureza”, finaliza a diretora educacional.

Além dos dois projetos de Passos, os outros seis projetos da região são das cidades de Carmo do Rio Claro (E.E. Monsenhor Mário e E.E. Geraldo Andrade Vilela), Formiga (E.E. Aureliano Rodrigues Nunes e E.E. Abilio Machado), São José da Barra (E.E. Furnas) e Vargem Bonita (E.E. São Francisco).

***

© 2014 SINDEFURNAS TODOS OS DIREITOS RESERVADOS By Mediaplus